16/05/2019

Socorro,Socorro,socorram a sócio educação do Estado de São Paulo .

ATENÇÃO!

A sócio educação do Estado de São Paulo pede socorro !

Queremos nosso plano de cargos e salários, melhores condições de trabalho com mais segurança, queremos salários justos com melhores benefícios não  somente para nós  Agentes Apoio Socioeducativos mas para nossa categoria em um todo, queremos a mudança  da nomeclatura para Agente de Segurança Socioeducativo, queremos um valor mais justo para nosso convênio médico, precisamos de Gestores que queiram e saibam gerir pessoas e não gestores de espaços físicos e de gráficos  numerarios, enfim, queremos respeito, pois nós da base somos os quem mantém seus cargos e seus altos salários, saibam que não precisamos de vocês, porém vocês precisam de nós para continuarem em suas cadeiras dentro de suas salas com ar condicionado e cãezinhos feitos de hora em hora.

Vamos refletir?

" Enquanto nós querermos resolver os problemas da instituição, ela jamais irá resolver os nossos problemas".

Fica cômodo para a instituição, pois onde se faz necessário de dez ou mais agentes, aceitamos dar andamento aos trabalhos com apenas três ou quatro, para que a instituição irá se preocupar em contratar mais servidores? O erro é  deles ou nosso?

Até quando seremos reféns de nós mesmos? Não  acham que passamos da hora de sermos respeitados e de exigirmos que cada setor cumpram com suas atribuições, retirando assim todo o excesso de peso e responsabilidades de nossas costas uma vez que nossas atribuições já  são de tanta tensão e de altíssima exigência de nossa total capacidade física e psíquica, nos deixando altamente exaustos e estressados.Precisamos dar um basta nos direitos dos manos e exigir que os direitos humanos sejam para proteger cidadãos de bem e não bandidos que roubam, traficantes, estouram, matam e determinam nossa sociedade.

Pensem, pois somente nós podemos mudar.

É  hora de RENOVAÇÃO.
É hora de nos unir.
Se necessário for, é  hora de lutar.

Um forte abraço e um enorme beijo no coração de cada um(a) de meus(as) queridos(as) irmãos(as).

Leandro Andretta .

07/05/2019

Pressão de agentes muda presídio a ter gestão privada em SP.

Assessor da SAP diz que secretaria atendeu a pedidos de funcionários; sindicalista afirma que caso pode ser judicializado

Uma das quatro unidades previstas para serem administradas em conjunto com gestoras particulares, o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Álvaro de Carvalho, foi substituída pelo CDP de Registro, ambos ainda por inaugurar e localizados no interior do Estado.
Doria anunciou em janeiro que concederia serviços penitenciários a empresas privadas
Doria anunciou em janeiro que concederia serviços penitenciários a empresas privadas
Foto: BRUNO ESCOLASTICO/PHOTOPRESS / Estadão Conteúdo
Ainda não é certo quantas vagas haverá para os funcionários de carreira da SAP nos presídios previstos para o programa de cogestão, e nem quantos celetistas serão contratados pelas gestoras.
O termo de referência da concorrência, que dará as diretrizes de quais setores das unidades ficarão a cargo das empresas e quais serviços deverão ser prestados, ainda está sendo discutido.
Uma minuta foi publicada e parcialmente debatida em audiência pública nesta segunda-feira (6). Opositores da ideia aproveitaram para pressionar na porta da SAP e dentro da audiência.
Críticos da participação privada em presídios se concentram em frente à SAP
Foto: Assessoria de comunicação / Sifuspesp
Registro foi escolhida porque a demanda por transferências para o local era mais baixa. O sistema da SAP mostra que há poucos agentes penitenciários concursados oriundos da região – sul do Estado.
De acordo com o coronel Marco Antônio Severo, assessor técnico do secretário de Administração Penitenciária, Nivaldo Restivo, a mudança foi para atender a pedido dos agentes.
Também há, porém, demanda por transferências para as áreas dos outros três CPDs que o governo quer que tenham participação privada – Gália I e II e Aguaí.
“Tem um monte de servidor que trabalha em Campinas que quer ir para Aguaí”, afirma Fábio César Ferreira, presidente do Sindicado dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifuspesp).
O sindicato é contrário à concessão de parte dos serviços em unidades prisionais à iniciativa privada. É possível haver judicialização, inclusive por parte de funcionários que tenham uma transferência frustrada pela entrada das empresas.
“Ação judiciais não estão descartadas. Não é nossa principal ação, mas vão ter de todas as formas. O servidor que se sentir prejudicado por estar na listagem [de pedidos de transferência] e não poder ir embora pode entrar na Justiça também”, afirma Ferreira.
O coronel Severo diz que não há nada irregular em eventuais negativas a pedidos de transferência para essas novas prisões. “Só se pode pedir transferência para a unidade depois de aberta”, afirmou ele ao Terra. Elas estão em fase final de construção.
De acordo com Severo, o edital para concorrência deve ser publicado até o fim de maio. Se correr conforme a expectativa do governo, tudo deve estar homologado em outubro.
Uma vez terminado o processo de contratação, as empresas precisam de, em média, dois meses para colocar a unidade em funcionamento.
A SAP sabe de quatro empresas que atuam na área no Brasil e que provavelmente estarão na concorrência. As mais famosas são GPA, gestora do presídio de Ribeirão das Neves, em Minas Gerais, e Umanizzare, responsável pelo Compaj – prisão no Amazonas onde houve um massacre no começo de 2017.
Perguntado se as cadeias com participação privada receberão integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC), Severo disse que “nenhuma unidade nova recebe preso faccionado”. “Já há no sistema unidades com escolha de presos”, afirma.
Além desses quatro presídios que o governo planeja colocar em modalidade de cogestão com empresas privadas, há outros oito em fase final de construção no Estado.
Essas outras unidades não foram incluídas nessa lógica porque já há funcionários concursados para atuarem nessas cadeias.
No modelo de cogestão, parte das atividades do presídio é feita pelas empresas e parte por agentes do Estado. Há pouca polêmica quanto à contratação de entes particulares para áreas como alimentação e lavanderia.
Sobre a custódia e disciplina dos presos, porém, há disputa. Os críticos apontam como temerário dar a entes particulares o poder de privar pessoas de liberdade.
A intenção do governo do Estado, porém, é ir além da cogestão. Esse seria o primeiro passo rumo à celebração de parcerias público-privadas (PPP) no sistema carcerário paulista. Nessa modalidade, a gestão é integralmente das contratadas.
O governador do Estado, João Doria, anunciou seu projeto de ter presídios geridos por PPPs em janeiro deste ano, no começo de sua gestão.
De lá para cá, a proposta tem sofrido oposição de agentes penitenciários, entidades da sociedade civil, como a Pastoral Carcerária, e Defensoria Pública do Estado.
Agentes penitenciários e ONGs de direitos humanos costumam ter atritos devido ao trato com presos. Neste caso, porém, uniram-se para pressionar. Os responsáveis pela parte jurídica dessas entidades planejam agir conjuntamente no Judiciário contra o projeto.
Fonte:Terra.

20/04/2019

FELIZ PÁSCOA.

Que o espirito santo de Deus, ou qualquer outra força maior para aos que fazem parte de alguma religião ou crenças diversas, traga muita paz, muito amor e acima de tudo muita saúde à cada um(a) de vocês e de todos seus familiares.

Feliz Páscoa.

01/04/2019

ANDRETTA, da una piccola comunità italiana, nel cuore di un popolo brasiliano.


Andretta é uma comuna italiana da região da Campania, província de Avellino, com cerca de 2.295 habitantes. Estende-se por uma área de 43 km², tendo uma densidade populacional de 53 hab/km². No Sul da Itália, faz fronteira com Bisaccia, Cairano, Calitri, Conza della Campania, Guardia Lombardi, Morra De Sanctis.
Área: 43,65 km²
Código postal: 83040
População: 1.901 (2017)
Província: Avelino
Santo padroeiro: Santo António de Lisboa.

Nosso Brasão.
Na cidade é assim.





Palácio Andretta


"Corteo storico andrettese", il primo agosto ad Avellino la conferenza stampa



 


 Nos campos, temos as paisagens mais lindas.




Um pouco dos vinhos ANDRETTA.
                                                                   





Nossa História.

Etimologia (origine del nome)
L'origine del nome è da collegarsi con i cognomi Andretta, Andrietta o Andrietti che derivano a loro volta dal nome proprio Andrea. Oppure il nome potrebbe derivare dal greco andreia, ossia fermezza, fortezza.
Il Comune di Andretta fa parte di:
 Comunità Montana Zona Alta Irpinia
 Regione Agraria n. 4 - Montagna tra Calaggio e Ofanto
 Consorzio dei Servizi Sociali "Alta Irpinia" Ambito A2
Località e Frazioni di Andretta
frazione: Mattinella;
contrade: Aiafalca, Alvano, Arenara, Bosco San Giovanni, Casadogna, Castelluccio, Cervino, Conici, Coste di Calamita, Dietro le Serre, Difesa, Fontana dell'Olmo, Deserte, Gessara, Liardi, Margine, Montefelice, Nocemanna, Occhino, Orcomone, Piani del Monaco, Pietra Rapone, Pisciolo, Ponte Raponciello, Santa Maria, Schiavi, Selice Serrabianca, Vallone delle Canne, Valle Santa Maria, Valle Toline
Comuni Confinanti
Bisaccia, Cairano, Calitri, Conza della Campania, Guardia Lombardi, Morra De Sanctis
Chiese e altri edifici religiosi andrettesi
 Santuario di Santa Maria del Mattino
 Chiesa Parrocchiale di Santa Maria Assunta
Per segnalare aggiunte o correzioni da effettuare sulla scheda del comune di Andretta, inviaci un'email(nota: questo non è l'indirizzo email del comune).

Nossa União.








Reforma De Bolsonaro Devolve A Policiais Civis, Federais E Agentes Penitenciários Aposentadoria Mais Alta Negada A Servidor

01 ABRIL 2019

Reforma De Bolsonaro Devolve A Policiais Civis, Federais E Agentes Penitenciários Aposentadoria Mais Alta Negada A Servidor


Proposta do governo dá a PF, Polícia Civil e agentes penitenciários benefício com valor do último salário.









Ana Estela de Sousa Pinto
1º.abr/2019 às 2h00

Importante base eleitoral: policiais federais, policiais civis, agentes penitenciários e agentes socioeducativos.


SÃO PAULO - A proposta de reforma da Previdência do governo Bolsonaro devolve um privilégio para parte importante da sua base eleitoral: policiais federais, policiais civis, agentes penitenciários e agentes socioeducativos.

O texto enviado ao Congresso garante a esses servidores aposentadoria de valor igual ao do salário do último cargo, mesmo que tenham ingressado depois dezembro de 2003 —quando a aposentadoria dos funcionários públicos passou a ser calculada pela média dos salários.

A diferença no valor pode chegar ao dobro, segundo estimativas da consultoria de orçamento e fiscalização financeira legislativa da Câmara apresentadas em 2017 no Congresso. O aumento depende da carreira de cada servidor.

Em março, proposta que reestrutura carreiras militares já havia desagradado líderes partidários, que passaram a pressionar para que outras carreiras sejam beneficiadas.

Além do benefício mais alto, conhecido como integralidade, a reforma garante aos policiais também a paridade, ou seja, reajuste igual ao dos servidores da ativa (que costuma ser maior, pois inclui ganhos de produtividade).

Importante base eleitoral: policiais federais, policiais civis, agentes penitenciários e agentes socioeducativos.

O tratamento diferenciado para servidores de segurança pública está no capítulo 3 da proposta de emenda constitucional 6 (PEC 6), nas regras de transição para servidores, e destoa do aperto que atinge os outros funcionários públicos.

Para servidores em geral, a reforma concede integralidade e paridade apenas aos que atingirem 65 anos (homens) ou 62 anos de idade (mulheres), além de estabelecer claramente que ela vale para quem ingressou até 31 de dezembro de 2003.

Já nos artigos que tratam de policiais e agentes penitenciários e socioeducativos (4º e 5º), a PEC 6 garante as regras mais generosas a todos os que tenham entrado nas carreiras antes da implantação de previdência complementar.

Na esfera federal, ela beneficia policiais federais que ingressaram até 2013, quando foi instituído o Funpresp.

Importante base eleitoral: policiais federais, policiais civis, agentes penitenciários e agentes socioeducativos.


O impacto é mais amplo para policiais civis e agentes penitenciários, já que a maioria dos estados ainda não instituiu esse sistema. No começo deste ano,  só oito (SP, MG, RS, SC, RJ, ES, BA e GO) tinham previdência complementar em curso.

A exceção feita aos policiais não é explicada nas justificativas da PEC 6. Consultada, a Secretaria da Previdência diz que manteve no texto um acordo feito durante a negociação da reforma do governo Temer, a PEC 287.

A regra especial foi incluída no substitutivo votado pela comissão especial em maio de 2017, após negociações com a direção da Polícia Federal e com deputados ligados à segurança pública (a chamada bancada da bala).

“Foi uma decisão do Congresso no andamento da PEC 287, e o atual projeto reproduziu essa decisão”, afirma o subsecretário de Regimes Próprios de Previdência Social, Allex Rodrigues.

Segundo a Secretaria da Previdência, a PEC pacifica uma questão que tem sido questionada na Justiça. Policiais federais e civis que ingressaram após 2003 vêm pedindo integralidade nas aposentadorias mesmo com base em duas leis complementares, a LC 51 (de 1985, anterior à Constituição de 1988) e a LC 144 (de 2014).

O presidente Jair Bolsonaro durante conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro
israelense em Jerusalém - Debbie Hill - 31.mar.2019/AFP




VALOR EM DISPUTA

Os dois textos falam em “proventos integrais” para policiais, o que abriu brecha para os questionamentos.

Para governos estaduais, porém, provento integral não significa salário do último cargo, mas, sim, que o cálculo não será proporcional ao tempo de contribuição.

“Somente terão direito à paridade e à integralidade os policiais civis que ingressaram no serviço público antes de 31 de dezembro de 2003 (Emenda Constitucional nº. 41/2003). Os demais terão seus proventos calculados pela média dos valores recebidos de 1994 até a data de sua aposentadoria”, afirmou em nota a SPPrev, responsável pela aposentadoria da Polícia Civil paulista, a maior do país, com cerca de 30 mil servidores.

No caso dos policiais federais, houve uma mudança de posição da Advocacia Geral da União. Parecer de 2011 concordou com a integralidade da aposentadoria, mas a decisão foi revista em 2013.

“Policiais federais que ingressaram no Departamento de Polícia Federal de janeiro de 2004 a fevereiro de 2013 não possuem direito à integralidade”, afirma a AGU.

Importante base eleitoral: policiais federais, policiais civis, agentes penitenciários e agentes socioeducativos.
Segundo Allex Rodrigues, não é possível dizer qual o impacto para as contas da Previdência dessa regra que beneficia os policiais. “Uma variável é dependente de outra, e qualquer mudança causa impacto na massa toda”, afirma.

Ele diz que o aumento de despesa poderia ser compensado pela idade mínima de 55 anos para a aposentadoria dos policiais —hoje não há limite mínimo de idade.

“Deve haver uma postergação das aposentadorias”, afirma Rodrigues. Mas também não é possível calcular isoladamente o impacto da idade mínima, segundo ele.

O número de beneficiados pela medida também é incerto, já que a Polícia Federal não informa quantos servidores ingressaram entre 2004 e 2013.

Com base no painel estatístico de pessoal da Ministério da Economia, há mais de 20 mil servidores na Polícia Federal. Informe de fevereiro deste ano da Diretoria de Gestão de Pessoal da PF afirma que 1.257 deles já reúnem condições para se aposentar.

Importante base eleitoral: policiais federais, policiais civis, agentes penitenciários e agentes socioeducativos.

No caso da Polícia Civil, os dados são descentralizados. Segundo a pesquisa Perfil das Instituições de Segurança Pública 2016, que separa os servidores por tempo na carreira, ao menos 12.965 policiais civis poderiam ser beneficiados pela PEC 6.

O número se refere a 18 estados que forneceram informações, e inclui os que ingressaram entre 2006 e 2010 —parte dos atingidos pela mudança.


CARREIRA ESPECIAL

carreira policial tem especificidades que justificam um tratamento diferente, mas compensar no valor da aposentadoria é discutível, afirma um dos principais especialistas da área, o diretor-presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima.

Para Lima, que também é professor de gestão pública da FGV-SP, o fato de que o policial está disponível 24 horas por dia e pode ser convocado para trabalhar em outra cidade a qualquer momento justifica condições especiais de aposentadoria em relação à idade e ao tempo de contribuição.

Importante base eleitoral: policiais federais, policiais civis, agentes penitenciários e agentes socioeducativos.


O mesmo não vale para a integralidade, segundo ele: “Quando se aposenta, ele deixa de ser policial. É uma questão que precisa ser discutida com toda transparência, pois não se justifica uma medida diferente nesse caso”.

Para o diretor do fórum, também não faz sentido incluir nas mesmas regras os cerca de 100 mil agentes penitenciários e socioeducativos. “Eles também estão submetidos a grau de estresse e risco, mas isso é muito diferente de não ter uma jornada fixa. A forma correta de compensar essa periculosidade e insalubridade seria no salário”, afirma ele.

Segundo a União dos Policiais do Brasil, a carga horária de trabalho de um profissional da segurança pública ao longo de 30 anos equivale a 40 anos de serviço de um trabalhador comum.

Além da disponibilidade permanente, policiais brasileiros não recebem hora extra, adicional noturno, nem adicionais de periculosidade e insalubridade. Também não podem fazer greve.





Fonte : Folha de São Paulo

28/10/2018

28 de outubro, dia do servidor público.

Eu Leandro Andretta, fundador do www.Fundacaonews.com.BR e seus leitores e seguidores parabenizam todos(as) servidores (as) públicos.

Cabe a cada um de nós, paulistas e paulistanos aproveitarmos esta data de hoje para escolhermos o melhor para toda nossa categoria, hoje nas urnas poderemos dar  uma resposta a este governo nefasto, truculento que nos açoitam a mais de 20 anos que é esse PSDB , hoje podemos retirar de vez esse câncer  enraizado  que levou a morte do funcionalismo público do maior estado da União.

Vamos juntos renovar, vamos dar oportunidade para Márcio França votando 40 hoje e à  partir do dia 1° de janeiro de 2019 cobraremos juntos a tão  sonhada mudança de governo e de uma nova gestão  mais Justa que volte a valorizar os servidores públicos de São Paulo .

Parabéns à  nós servidores públicos.
Forte abraço e que Deus nos abençoe.


15/10/2018

Aberto a temporada de vacinação contra o sucateamento da educação, é hora de tirarmos o PSDB, fora Dória .

Você professor(a) de escolas públicas ou privadas e de instituições de cumprimento de medidas socioeducativas do Estado de São Paulo, vamos juntos mostrar nossa força, neste momento temos de deixar nossos egos de lado e darmos as mãos formando uma única  corrente de força contra este governo truculento que sucateou e desvalorizou nossa categoria nesses últimos 20 anos comandado por quem prefere abrir presídios e centros de atendimento para menores infratores, ao invés de investir na educação da nossa juventude.

É  hora de nos vacinarmos contra esta doença maligna que se chama PSDB, é  hora de juntos mostrarmos a este João Dória, o quanto é  grande nossa indignação por este governo truculento e que desvaloriza e humilha nossa tão  linda e essencial profissão, agora dia 28 de outubro será  o momento de darmos nossa resposta, é  hora de darmos um basta, é  hora de irmos às  urnas e lá  nos vacinarmos de vez contra esta bactéria que infectou e que adoeceu a educação  de nosso estado e de todo nosso país, deixando-nos assim em estado terminal, nos fazendo clamar por socorro nesta UTI chamada urna no dia de votarmos para que encontremos nossa cura em um novo governo que valorize de verdade nossa profissão e nossa sofrida categoria.

Vamos juntos dizer de uma vez por todas FORA PSDB, FORA DORIA.
Eu, Leandro Andretta, o www.fundacaonews.com.BR e seus leitores defendemos o #não a era Doriana.
Forte abraço.

07/09/2018

ATENÇÃO categoria socioeducativa do Estado de São Paulo e de todo o Brasil.

Há  anos vivemos reclamando de políticos arcaicos, obsoletos e acima de tudo corruptos. Reclamamos também de gestores das instituições, fundações e demais autarquias publicas, reclamamos do total descaso publico para com seus servidores e também para com sua sofrida população.

Vivemos dizendo uns aos outros que "bem que poderiam surgir gente nossa para disputar um cargo público, uma vaga de alta gestão ou ate mesmo a presidência  de nosso sindicato, pois seria tão  bom se isso acontecesse ". Então  meus(as) caros(as) e nobres companheiros(as), prestem ATENÇÃO, nosso clamor foi ouvido e agora temos pessoas que vivem o nosso dia a dia dentro da instituição, pessoas que sabem de nossas dificuldades e acima de tudo sabem de que, como é quando deve ser feito para que juntos , unidos possamos reconquistar nossos direitos e nossa dignidade de servidores públicos de um dos segmentos mais importante para nossa sociedade.

Temos agora que fazer a nossa parte, ou tomamos a consciência que devemos dar valores as pratas de CASA ou continuaremos declamando incessantemente, sendo coniventes, omissos  e até  mesmo covardes por não  termos a coragem é a humildade de apoiarmos gente nossa pura e simplesmente por egos pessoais e picuinhas que com certeza jamais irão resolver nossos problemas e tão  pouco nos ajudar a darmos uma qualidade de vida melhor à nossos familiares e entes queridos.

Por isso peço  coragem,

É hora de RENOVAÇÃO.
Vamos apoiar gente nossa, gente da base, gente que poderemos cobrar a mesma alturas por seus atos, por mais que tenham alguns que achem que é  loucura, digo que de louco todos tem um pouco e sou louco por meus(as) semelhantes.

INOVAR se faz necessário .



14/07/2018

"A caminhada".

No início, com apenas sete
anos de idade não passava de um sonho, o acaso e o desconhecimento pelo esporte(tênis) o fez começar a "bater bolinhas" no projeto Bola Dentro, onde tudo comecou, por mais uma de suas brincadeiras de uma criança simples vinda de família humilde e distante dos recursos financeiros para tal modalidade de esporte, do qual sabemos que é praticado pela grande elite social.


O tempo se passou, e o que era uma mera  brincadeira ultilizada para ocupar o tempo, lhe fez despertar e se interessar cada vez mais pelo esporte(tênis), aos seus dez anos de idade, já entendendo um pouco mais das diversidades da vida conseguiu ver o quanto foi importante a persistência e a perseverança de seus pais para que surgisse o verdadeiro interesse de levar a diante a presença de um menino da periferia dentro de um esporte da alta classe social.


Assim foi feito, os "tabus" começaram a serem quebrados, o menino de família humilde começou acreditar nas palavras de seus pais " você pode, basta acreditar e lutar por seus sonhos", abraçou as oportunidades de treinos, começou se inscrever e participar em pequenos campeonatos e aos dez anos de idade sua primeira resposta veio de encontro do início da realização de seus sonhos e dos conselhos dados por seus pais, sua primeira Vitória já como atleta federado do pela (FPT-Federação Pulista de Tênis) Augusto Pedrosa, campeão do campeonato paulista de Tênis de 2009.


Depois deste campeonato, muitos outros vieram e entre as poucas derrotas foram obtidas grandiosas vitorias, das quais o colocaram hoje no 8° lugar no ranking paulista da categoria 16M. Agora treinando na equipe de alto rendimento da Play Tênis e na equipe do Renato Messias.


Após vencer o campeonato da seletiva da Copa das Federações, Augusto Pedrosa hoje com quinze anos de idade, conquistou através de sua Vitória o direito de defender o estado de São Paulo na Copa da Federações, que será disputada em Uberlândia(MG) entre os dias 20 à 25 de julho de 2018.

"Acreditar, lutar com foco e humildade, nos faz alcançar nossos objetivos e realizar nossos sonhos". ( Augusto Pedrosa).

29/06/2018

Golpe planejado, vejam...

Diante do golpe que está se caracterizando devido o Aldo não assumir com sua palavra de chamar novas eleições sindicais logo que fosse concedida a carta sindical, tramando assim de todas as formas para permanecer no comando dos seus perpétuos diretores até 19/10/2019.

Esclareço que o golpe será ainda maior se permitirmos, pois todos(as) servidores(as) que solicitam suas cartas de tempo da filiação, se deparam serem filiados à partir do mês 03/2018, sendo assim ele trama em chamar eleições para 2019 se aproveitando que no estatuto corrente que fora elaborado pela atual direção permite participar de eleições sindicais somente servidores(as) filiados com tempo mínimo de 02(dois) anos, desta forma poderão participar somente esta atual gestão por terem sido fundadores, somente eles terão o tempo estimado, concretizando assim o golpe de mestre dos magos.

Vamos nos unir, vamos exigir uma assembléia para tirarmos esses golpistas, porém só conseguiremos se 1/5(um quinto) da categoria filiada estiver presente para assumirmos a ata de pauta exclusiva para chamarmos novas eleições, somente assim conseguiremos tirá-Los de lá de uma vez por todas.

Renovação SINDICAL já.
A inovação se faz necessário.


"FORA ALDO"

LEANDRO ANDRETTA.
Postagens mais antigas Página inicial

ADVOGADOS ESPECIALIZADOS EM AÇÕES TRABALHISTA, CÍVEL e PREVIDENCIÁRIO.

ADVOGADOS ESPECIALIZADOS EM AÇÕES TRABALHISTA, CÍVEL e PREVIDENCIÁRIO.
Faça valer os seus direitos, contrate um advogado Av: Celso Garcia,3976 sala 04 3° Andar,Tatuapé-CEP.03064-000 São Paulo-SP. Cel.-11-97441.7161.

FUNDAÇÃO NEWS

FUNDAÇÃO NEWS
Trazendo o conhecimento dos direitos de cidadania, denunciando as arbitrariedades políticas, lutando por justiça e melhor qualidade de vida aos cidadãos. Av: Celso Garcia,3976 sala 04 3° Andar,Tatuapé-CEP.03064-000 São Paulo-SP. Cel.-11-97441.7161

LA ANDRETTA

LA ANDRETTA
Não percam suas ações, contratem um perito judicial.

Espressione Publicidade

Espressione Publicidade
Publicidade, a alma do seu negócio, publique e vá além de sua imaginação,Soluções extraordinárias em publicidade "Não se esqueça, quem não aparece não é visto".

Conquista Saúde

Conquista Saúde
Atenção Baixada Santista e Região! SISTEMA INTEGRADO DE SAÚDE Com o Conquista você paga apenas quando usa e com valores que realmente cabem em seu bolso. O único Sistema de descontos com Internações, Pronto Socorro, Maternidade e UTI. ATENÇÃO vendedores(as), venham fazer parte desta história e seja você também um vencedor.

Alambique Andretta

Alambique Andretta
Para quem gosta de apreciar uma cachaça artesanal e de excelente qualidade, agora poderá o melhor da cachaça Brasileira na cidade de Vinhedo, uma cidade do interior de São paulo que já se encantou com a altíssima qualidade da cachaçaria Andretta. Venha você também fazer parte desses grandes saboreadores de uma ótima cachaça, aproveite também e conheçam nossos saborosos licores artesanais. ATENÇÃO: Bebam com moderação.

EMPREGOS PARA ESTUDANTES, VISITE NOSSA PÁGINA.

EMPREGOS PARA ESTUDANTES, VISITE NOSSA PÁGINA.
"A INTEGRAR TRABALHA POR VOCÊ", Avenida Celso Garcia, 3976-2º Andar-Tatuapé, São Paulo SP. Tel: (11) 2922-3866

Faculdade de medicina chinesa EBRAMEC

Faculdade de medicina chinesa EBRAMEC
A primeira Faculdade de São Paulo especializada em Medicina Chinesa.

Postagens Populares

 

Abaixo Assinado

Abaixo Assinado
Obrigatoriedade da Contratação do Gestor de Segurança nas Empresas Privadas

Seguidores