26/07/2017

"FUNDAÇÃO CASA", FINALMENTE REESTRUTURA SUA GESTÃO, cabe agora colocar em seus planos a valorização de seus servidores.

A Fundação C.A.S.A do estado de São Paulo finalmente, após (12) doze anos de um comando "SAPista", trazido por Berenice Maria Giannella (Procuradora do Estado de SP) que assumiu em 2005 a presidência da instituição Trazendo com ela para assumir cargos comissionados (cabides de empregos) um verdadeiro batalhão de servidores que se licenciaram de suas atividades da (SAP) Secretaria de Administração Penitenciária, para assumirem os cargos de alto escalão da instituição.

Na época, se já não bastasse os servidores da extinta FEBEM terem acabado de passar por uma gestão extremamente conturbada e ditadora feita por Alexandre de Moraes, que havia demitido injusta e arbitrariamente 1.751(hum mil setecentos e cinquenta e hum) servidores por justa causa, acusando-os por crimes de maus tratos e tortura, que anos depois todas as ações foram revertidas pela justiça ordenando que todos fossem devidamente reintegrados e indenizados por tal ato burro, ditador, autoritário e impensado que ocasionou aos cofres públicos do Estado de São Paulo um verdadeiro rombo de aproximadamente R$63.000.000.00(sessenta e três milhões de reais, não atualizados).

Berenice Maria Giannella, que deveria ser uma salvação para refrigerar os ânimos da instituição, trouxe com ela um esquema tático de presídios, trocando todos os diretores de unidades de internação por novos diretores com experiência em sistema prisional, o grande problema era que eles só entendiam de cadeias e nem se quer conheciam de "quando, o quê e como" fazer algo para que se melhorassem as ações de medidas socioeducativas para jovens infratores, impondo assim que os servidores implantassem um verdadeiro sistema carcerário dentro da instituição.

Por um pequeno período devido a ser tudo novo para todos, tanto servidores, quanto internos, as coisas pareciam estar dando certo, mas quando ambas as partes entenderam o que verdadeiramente estava acontecendo e assim que os servidores viram que ao acatarem as ordens dos diretores SAPistas estavam ocasionando uma grande demanda de processos administrativos, demissões e processos criminais, então deixaram de agir de tal forma e começaram a exigir melhores condições de trabalho, capacitação e condições para que se qualificassem melhor, é verdade que a gestão dela nunca lhe deram tais condições, porém por tratar-se de um povo guerreiro e trabalhador, foram assim mesmo em busca de suas qualificações, tanto que hoje temos um número de servidores com graduações de níveis superior muito maior que em qualquer outro momento da história da instituição, só o que lhes faltam é oportunidades, para que possam colocar em campo suas habilidades e seus conhecimentos para que transformem a instituição em uma verdadeira referência em cumprimento de medidas socioeducativas para menores infratores.

A expectativa de agora, segundo os servidores acreditam que independente ser continuar sendo uma gestão do PSDB, com a vinda do Atual Presidente Márcio Elias Rosa, as coisas poderão ficar um pouco melhor. O atual presidente já demonstrou interesse de fazer uma reestruturação na Gestão da alta cúpula, tanto que, Marcio já vem dispensando pessoas que verdadeiramente agiam contrário ao bom andamento da instituição conforme relatos de servidores, uma das maiores alegrias do corpo funcional depois da saída de Berenice, foi a saída de Maria Eli Colloca, pois segundo os servidores "esta sim foi tarde, por sua tamanha arrogância e prepotência". Márcio ao dispensar a direção da ouvidoria da instituição, fez crescer a expectativa de que de agora em diante este setor poderá funcionar de verdade e não ficticiosamente como os servidores relatam que funcionava, pois nunca se apuravam as denúncias que se faziam da gestão em geral e sim somente dos servidores da base, inaceitável tal situação.

**Os servidores disseram que esperam também, que o atual presidente se atente carinhosamente ao setor da corregedoria da instituição, setor este que vem ocasionando aos cofres públicos do estado um enorme ônus a erário com os altíssimos valores que veem sendo pagos para indenizações das ações trabalhistas devido aos enormes números de processos infundamentados que são revertidos na justiça legalmente comprovados por trabalhadores acusados e demitidos injustamente, total incapacidade e falta de responsabilidade da direção deste valoroso setor que ao entender da categoria o responsável pela corregedoria deveria ser processado e condenado a reembolsar os cofres públicos por sua arbitrariedade impensada de agir.


Márcio (atual presidente), no decorrer desta semana iniciou a reestruturação também nas direções de suas regionais, na data de ontem (25/07/2015) ele descomissionou Sergio Oliveira, hoje ex-diretor da Regional DRM V, situada na região da Vila Maria, Sergio atuava no cargo de diretor regional já há uns doze anos, colocado lá por Berenice, segundo os servidores ele agia de forma autoritária e com várias irregularidades,Sérgio foi relocado ao seu cargo de origem em uma unidade de internação do complexo do Brás, onde prestará serviços.( Tais irregularidades deverão ser apuradas e se comprovadas todas as medidas legais cabíveis deverão ser tomadas). Os servidores disseram entender que este processo de reestruturação está só em seu ponto inicial, pois não havia mais como a instituição prorrogar tantos cargos ocupados por pessoas incompetentes, tomara que venham novas pessoas, novos ares, porém de nada valerá se nessa reestruturação, o novo comando não incluir a valorização dos servidores lhes dando no minimo melhores condições de trabalho para que possam continuar exercendo essa tão importante e árdua missão de ressocializar os jovens em conflito com as leis que se encontram privados de sua liberdade dentro dos centro de atendimento de medidas socioeducativas do maior estado brasileiro que é nosso Estado de São Paulo.

Obs. Fica sob preservação de direitos em não divulgar as fontes de tais fatos relatados por servidores conforme permite no Art. 5º de nossa constituição federal.

0 comentários:

Postar um comentário

deixe aqui seu comentário.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

ADVOGADOS ESPECIALIZADOS EM AÇÕES TRABALHISTA, CÍVEL e PREVIDENCIÁRIO.

ADVOGADOS ESPECIALIZADOS EM AÇÕES TRABALHISTA, CÍVEL e PREVIDENCIÁRIO.
Faça valer os seus direitos, contrate um advogado Av: Celso Garcia,3976 sala 04 3° Andar,Tatuapé-CEP.03064-000 São Paulo-SP. Cel.-11-97441.7161.

FUNDAÇÃO NEWS

FUNDAÇÃO NEWS
Trazendo o conhecimento dos direitos de cidadania, denunciando as arbitrariedades políticas, lutando por justiça e melhor qualidade de vida aos cidadãos. Av: Celso Garcia,3976 sala 04 3° Andar,Tatuapé-CEP.03064-000 São Paulo-SP. Cel.-11-97441.7161

LA ANDRETTA

LA ANDRETTA
Não percam suas ações, contratem um perito judicial.

Espressione Publicidade

Espressione Publicidade
Publicidade, a alma do seu negócio, publique e vá além de sua imaginação,Soluções extraordinárias em publicidade "Não se esqueça, quem não aparece não é visto".

Conquista Saúde

Conquista Saúde
Atenção Baixada Santista e Região! SISTEMA INTEGRADO DE SAÚDE Com o Conquista você paga apenas quando usa e com valores que realmente cabem em seu bolso. O único Sistema de descontos com Internações, Pronto Socorro, Maternidade e UTI. ATENÇÃO vendedores(as), venham fazer parte desta história e seja você também um vencedor.

EMPREGOS PARA ESTUDANTES, VISITE NOSSA PÁGINA.

EMPREGOS PARA ESTUDANTES, VISITE NOSSA PÁGINA.
"A INTEGRAR TRABALHA POR VOCÊ", Avenida Celso Garcia, 3976-2º Andar-Tatuapé, São Paulo SP. Tel: (11) 2922-3866

Faculdade de medicina chinesa EBRAMEC

Faculdade de medicina chinesa EBRAMEC
A primeira Faculdade de São Paulo especializada em Medicina Chinesa.

Postagens Populares

 

Abaixo Assinado

Abaixo Assinado
Obrigatoriedade da Contratação do Gestor de Segurança nas Empresas Privadas

Sobre

Minha foto
Sou um dos poucos que ainda gostam de seres humanos e que os respeitam como humanos e não como aqueles que os veem como máquinas do sistema podre e hipócrita em que vivemos nos dias de hoje.

Seguidores

eleições sindicais do SITRAEMFA / SITSESP, DEVEMOS ESCOLHER UMA CHAPA NOVA OU EM UMA JÁ CONHECIDA ?