13/11/2015

Internos da Fundação Casa de Pirituba fazem rebelião com reféns.

Unidade na capital paulista teve focos de incêndio e 2 funcionários feridos.
PM cercou área para evitar fugas; Corregedoria negocia liberação de reféns.(Cabe lembrar que a corregedoria não é capacitada para fazer negociações, talvez seja um dos diversos motivos de servidores saírem feridos nessas"negociações" feitas por uma corregedoria parcial ao patronal, já é discutida por toda a categoria a falta de imparcialidade e pela total arbitrariedade dessa atual corregedoria, porém esta atual e omissa gestão re fazer de conta que está tudo bem, oremos para que não seja necessário morrer ainda mais servidores para que isso mude de uma vez por todas.
Os Diretores (representantes)do sindicato da categoria SITSESP, Camparetti e Luis estavam presente no período dos fatos e ficaram indignados com a total falta de preparo, omissão e incompetência da atual gestão da instituição Fundação CASA que dia após dia deixam aumentar os riscos de morte de servidores que prestam serviços e cada dia mais são desvalorizados e colocados as covas dos leões.

Leandro Andretta: "Vamos fortalecer nosso sindicato, pois o único órgão legal para nos representar é ele, para isso devemos deixar os melindres de lado, parar de nos digladiarmos entre situação e oposição e juntos nos fortalecermos para lutarmos contra nosso único e verdadeiro inimigo que é o patronal, pois eles sim nos açoitam e com seus jogos sujos acabam nos colocando uns contra os outros , está na hora de acordarmos categoria unida é categoria forte e o sindicato somos nós, vamos juntos todos nós darmos início a uma nova história, história esta que venhamos sem interesses próprios, por cargos ou status, que venhamos por um só interesse, o interesse de infinitas melhoras de condições de trabalho e melhores remunerações e benefícios para toda a categoria do sistema socioeducativa do Estado de São Paulo".




13/11/2015 12h26 - Atualizado em 13/11/2015 15h49

Internos da Fundação Casa de Pirituba fazem rebelião com reféns

Unidade na capital paulista teve focos de incêndio e 2 funcionários feridos.
PM cercou área para evitar fugas; Corregedoria negocia liberação de reféns.

Internos da Fundação Casa de Pirituba, na Zona Norte de São Paulo, fazem uma rebelião na desde as 10h30 desta sexta-feira (13) e mantêm funcionários reféns, segundo a GloboNews. Dois deles ficaram feridos e foram liberados por volta das 14h, de acordo com a assessoria de imprensa da instituição. A Corregedoria Geral e a Superintendência de Segurança da Fundação Casa estão no local, negociando a liberação de outros nove reféns.
Há um foco de incêndio na área externa de um dos setores da unidade, e os menores estavam espalhados por toda área. Alguns grupos também se concentram em cima dos telhados e outros próximos aos muros, após terem passado pelas grades de proteção.
O complexo tem duas unidades, com capacidade para 83 internos. Atualmente, 79 menores estão no local, de acordo com a GloboNews. A Polícia Militar (PM) cercou a área para evitar fugas e o Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer o combate às chamas.
Em nota, a Fundação Casa informou que a Corregedoria da instituição vai instaurar uma sindicância para investigar os motivos do tumulto, quando a rebelião terminar.
Internos da Fundação Casa de Pirituba, na Zona Norte de SP, fazem rebelião na tarde desta sexta (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo)Internos da Fundação Casa de Pirituba, na Zona Norte de São Paulo, fazem rebelião na tarde desta sexta-feira (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo)
Internos se espalharam pelo complexo, cercado pela polícia (Foto: Reprodução/ TV Globo)Internos se espalharam pelo complexo, cercado pela polícia (Foto: Reprodução/ TV Globo)
Crescimento de fugas
Até o dia 25 de outubro, data do último levantamento, 528 internos escaparam das unidades da Fundação Casa este ano, uma média de 1,77 caso por dia.
É o maior número de fugitivos nos últimos dez anos, e também a maior desde que a instituição mudou de nome de Fundação Estadual para o Bem Estar do Menor (Febem) para Fundação Casa, em dezembro de 2006.
FUGAS NA FUNDAÇÃO CASA (2006-2015)
Ano
Fugiram
Voltaram
2006
186
139
2007
220
110
2008
86
30
2009
184
35
2010
238
82
2011
204
38
2012
417
132
2013
454
172
2014
382
84
2015*
528
128
* Até 25 de outubro de 2015. Fonte: Fundação Casa
Dos 528 fugitivos, 128 foram recapturados nas 150 unidades da Fundação Casa espalhadas pelo estado, segundo levantamento da própria instituição. O número de fugitivos aumentou 38% em relação ao ano passado, quando foram registradas 382 fugas. O número só não é pior do que o de 2005, quando, ainda sob o nome de Febem, ocorreram 775 fugas.
Além das fugas, o ano de 2015 na Fundação Casa é marcado por rebeliões, falência da empresa que cuidava da segurança, superlotação, falta de servidores e denúncias de tortura de funcionários contra os internos.
Em uma das fugas ocorridas em Santos no dia 12 de outubro deste ano, 42 adolescentes chegaram a usar um barco para fugir após renderem os carcereiros.
A rescisão de contrato com a empresa de segurança, falta de servidores e superlotação de algumas unidades são a combinação perfeita para facilitar a fuga dos adolescentes.
A atual presidente da Fundação Casa, Berenice Gianella, assumiu a função em 2005. Na ocasião, foram registradas 775 fugas.
Desde então, o número de internos fugitivos estava caindo. Em 2006,  foram 186 fugitivos e 139 recapturados. Em 2007, 220 fugas e 110 recapturas. No ano de 2008, 86 fugas e 30 recapturados. Em 2009, 184 adolescentes fugiram e 35 foram recapturados.
Em 2010, 238 fugitivos e 82 recapturados. No ano de 2011, 204 fugas e 39 recapturados. Em 2012, 417 fugitivos e 132 recapturados. Em 2013, 454 fugas e 172 recapturas. E em 2014, 382 menores fugiram e 84 foram novamente apreendidos.
Em uma das fugas ocorrida em Santos no dia 12 de outubro, 42 adolescentes fugiram com a ajuda de um barco após renderem os carcereiros.
Segurança
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) admitiu que a falência de uma empresa terceirizada quefazia a segurança de algumas unidades da Fundação facilitou a fuga dos menores.
Em maio de 2015, a empresa Anviseg Segurança e Vigilância faliu e os postos de vigilância passaram a ser cobertos por funcionários da fundação em regime de hora extra. Uma licitação foi aberta e uma nova empresa contratada.

Os policiais militares de folga podem fazer “bico oficial” nas unidades de todo o estado de São Paulo. A decisão foi divulgada no dia 30 de setembro pelo governador. A Secretaria de Segurança Pública autorizou os PMs que quiserem fazer jornadas de até oito horas por escala na segurança externa da antiga Febem.
Problemas de superlotação
Em agosto, o Ministério Público de São Paulo, por meio da Promotoria da Infância e Juventude, protocolou nesta sexta-feira (8) ação civil pública na Vara da Infância e da Juventude contra a Fundação Casa. Segundo levantamento do MP, o déficit de vagas para internação na Fundação Casa chega a um total de 1.470 em todo o estado. Na capital paulista, as unidades têm capacidade para 3.061 menores, mas chegaram a receber 3.623 no período avaliado, de janeiro de 2013 a julho de 2014. Já as unidades do interior, podem acomodar 5.018 adolescentes, mas atingiram um total de 5.926.
Em nota, a Fundação Casa afirmou que "o excedente que existe na instituição deve-se, principalmente, às exageradas internações e internações provisórias decretadas pelo Poder Judiciário paulista, principalmente pelo ato infracional de tráfico de drogas, em contradição à orientação da Súmula 492, do Superior Tribunal de Justiça (STJ)".

0 comentários:

Postar um comentário

deixe aqui seu comentário.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

ADVOGADOS ESPECIALIZADOS EM AÇÕES TRABALHISTA, CÍVEL e PREVIDENCIÁRIO.

ADVOGADOS ESPECIALIZADOS EM AÇÕES TRABALHISTA, CÍVEL e PREVIDENCIÁRIO.
Faça valer os seus direitos, contrate um advogado Av: Celso Garcia,3976 sala 04 3° Andar,Tatuapé-CEP.03064-000 São Paulo-SP. Cel.-11-97441.7161.

FUNDAÇÃO NEWS

FUNDAÇÃO NEWS
Trazendo o conhecimento dos direitos de cidadania, denunciando as arbitrariedades políticas, lutando por justiça e melhor qualidade de vida aos cidadãos. Av: Celso Garcia,3976 sala 04 3° Andar,Tatuapé-CEP.03064-000 São Paulo-SP. Cel.-11-97441.7161

LA ANDRETTA

LA ANDRETTA
Não percam suas ações, contratem um perito judicial.

Espressione Publicidade

Espressione Publicidade
Publicidade, a alma do seu negócio, publique e vá além de sua imaginação,Soluções extraordinárias em publicidade "Não se esqueça, quem não aparece não é visto".

Conquista Saúde

Conquista Saúde
Atenção Baixada Santista e Região! SISTEMA INTEGRADO DE SAÚDE Com o Conquista você paga apenas quando usa e com valores que realmente cabem em seu bolso. O único Sistema de descontos com Internações, Pronto Socorro, Maternidade e UTI. ATENÇÃO vendedores(as), venham fazer parte desta história e seja você também um vencedor.

EMPREGOS PARA ESTUDANTES, VISITE NOSSA PÁGINA.

EMPREGOS PARA ESTUDANTES, VISITE NOSSA PÁGINA.
"A INTEGRAR TRABALHA POR VOCÊ", Avenida Celso Garcia, 3976-2º Andar-Tatuapé, São Paulo SP. Tel: (11) 2922-3866

Faculdade de medicina chinesa EBRAMEC

Faculdade de medicina chinesa EBRAMEC
A primeira Faculdade de São Paulo especializada em Medicina Chinesa.

Postagens Populares

 

Abaixo Assinado

Abaixo Assinado
Obrigatoriedade da Contratação do Gestor de Segurança nas Empresas Privadas

Sobre

Minha foto
Sou um dos poucos que ainda gostam de seres humanos e que os respeitam como humanos e não como aqueles que os veem como máquinas do sistema podre e hipócrita em que vivemos nos dias de hoje.

Seguidores