24/02/2017

Liminar do STF autoriza a liberdade do ex-goleiro Bruno."Que vergonha, agora com esse STF será cada um por si".


Bruno durante o julgamento da morte Eliza Samúdio (Foto: Renata Caldeira /TJMG)

Última liminar deferida na última terça-feira (21) determinou a soltura do goleiro Bruno Fernandes, de acordo com o Supremo Tribunal de Federal (STF) . A decisão é relacionado a um habeas corpus no processo de condenação pela morte de Eliza Samúdio, ex-namoradora do jogador, conforme o tribunal.
Segundo a assessoria do STF, o ministro Marco Aurélio Mello entendeu que Bruno tem direito a responder em liberdade enquanto aguarda o resultado dos recursos à condenação.
A decisão não se aplica a outras eventuais condenações que o jogador esteja sujeito. A medida precisa ser comunicada ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), o que foi feito nesta sexta-feira (24), e ao juiz de Execução Penal em Minas Gerais. A íntegra da decisão ainda não foi divulgada pelo STF.
O advogado Lúcio Adolfo informou que já está com uma cópia e que provindencia a comunicação junto à Apac, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ainda segundo o defensor, o jogador deve deixar o local ainda nesta sexta-feira (24).
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) ainda não foi notificado da decisão.

Condenação

Em 8 de março de 2013, Bruno foi condenado a 22 anos e 3 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e também pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho.
Bruno foi condenado a 17 anos e 6 meses em regime fechado por homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, asfixia e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima), a outros 3 anos e 3 meses em regime aberto por sequestro e cárcere privado e ainda a mais 1 ano e 6 meses por ocultação de cadáver. A pena foi aumentada porque o goleiro foi considerado o mandante do crime, e reduzida pela confissão do jogador.


Eliza desapareceu em 2010 e seu corpo nunca foi achado. Ela tinha 25 anos e era mãe do filho recém-nascido do goleiro Bruno, de quem foi amante. Na época, o jogador era titular do Flamengo e não reconhecia a paternidade.


Caixa deve transferir diretamente para correntistas saldo de conta inativa do FGTS.

O Governo estuda dar aos clientes da Caixa Econômica Federal a opção de transferência automática para a conta-corrente dos saldos de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Na terça-feira dia (14) de fevereiro, deve ser anunciado o calendário para o saque das contas inativas do FGTS, aquelas que deixam de receber depósitos após a rescisão do contrato entre trabalhador e empresa. O critério para a definição do período para a retirada dos recursos será o mês de aniversário do trabalhador. O titular de conta inativa do FGTS poderá utilizar o dinheiro para qualquer finalidade.

A Caixa administra as contas do FGTS, o que permitirá à instituição fazer a migração dos valores das contas inativas do fundo diretamente para as contas-correntes dos clientes. O correntista, porém, poderá informar à Caixa se prefere manter os recursos na conta inativa.
O objetivo da medida é reduzir as filas nas agências durante o período previsto dos saques (entre março e julho). Com a transferência automática para os clientes da Caixa, o governo estima que retirará 10 milhões de trabalhadores das filas. A Caixa estuda abrir algumas agências no fim de semana, mas isso ainda não está definido.


A liberação do saldo das contas inativas foi anunciada em dezembro pelo presidente Michel Temer e faz parte de uma tentativa de reaquecer a economia. Com a medida, a expectativa do governo é injetar R$ 34 bilhões na economia. Para a equipe econômica, esse montante não prejudica a saúde financeira do FGTS, que tem hoje um patrimônio líquido estimado em R$ 130 bilhões.

A estimativa do governo é que 30,2 milhões de brasileiros têm contas inativas do FGTS – a estimativa inicial era de 10 milhões. Dos 30,2 milhões, cerca de 10 milhões têm conta-corrente na Caixa.

O governo também reviu a estimativa para o saldo das contas inativas – de R$ 41 bilhões para R$ 43,6 bilhões. A expectativa para o total de recursos a serem sacados, que era de R$ 30 bilhões, é agora de R$ 34 bilhões.


Fonte: G1

23/02/2017

ENTREVISTA DADA AO DIÁRIO LIBERDADE FALA DO REAL PAPEL DA REDE GLOBO DIANTE DA SOCIEDADE BRASILEIRA,leiam..


Brasil - Diário Liberdade - A Rede Globo de Televisão está completando 50 anos de existência em abril de 2015. Este instrumento de manipulação da burguesia opera como o principal agente da imbecilização da sociedade brasileira no plano cultural, na opinião de Igor Fuser, jornalista e professor de Relações Internacionais na Universidade Federal do ABC (UFABC).

Em depoimento para o Diário Liberdade, ele afirma que o papel da Globo "é sempre o de anestesiar as consciências, bloquear qualquer tipo de reflexão crítica".
Leia também: 'A Globo, quando quer, derruba seus inimigos'

Para acabar com esse monopólio da mídia, Fuser acredita que é preciso uma verdadeira democratização das comunicações no Brasil, que "passa, necessariamente, pela adoção de medidas contra a Rede Globo".

Confira a seguir o depoimento do jornalista e professor Igor Fuser, sobre o papel histórico da Globo, na política, na cultura e nas suas coberturas jornalísticas.
A Rede Globo é o aparelho ideológico mais eficiente que as classes dominantes já construíram no Brasil desde o início do século XX. Substitui perfeitamente a Igreja Católica como instrumento de controle das mentes e do comportamento.

A Globo esteve ao lado de todos os governos de direita, desde o regime militar – no qual se transformou no gigante que é hoje – até Fernando Henrique Cardoso. Serviu caninamente à ditadura, demonizando as forças de esquerda e endossando o discurso ufanista do tipo "Brasil Ame-o ou Deixe-o" e as versões sabidamente falsas sobre a morte de combatentes da resistência assassinados na tortura e apresentados como caídos em tiroteios. Mais tarde, após o fim da ditadura, alinhou-se no apoio à implantação do neoliberalismo, apresentado como a única forma possível de organizar a economia e a sociedade.

No plano cultural, é impossível medir o imenso prejuízo causado pela Rede Globo, que opera como o principal agente da imbecilização da sociedade brasileira. Começando pelas novelas, seguindo pelos reality shows, pelos programas de auditório, o papel da Globo é sempre o de anestesiar as consciências, bloquear qualquer tipo de reflexão crítica.

A Globo impôs um português brasileiro "standard", que anula o que as culturas regionais têm de mais importante – o sotaque local, a maneira específica de falar de cada região. Pratica ativamente o racismo, ao destinar aos personagens da raça negra papéis secundários e subalternos nas novelas em que os heróis e heroínas são sempre brancos. Os personagens brancos são os únicos que têm personalidade própria, psicologia complexa, os únicos capazes de despertar empatia dos telespectadores, enquanto os negros se limitam a funções de apoio. Aliás, são os únicos que aparecem em cena trabalhando, em qualquer novela, os únicos que se dedicam a labores manuais.

A postura racista da Globo não poupa nem sequer as crianças, induzidas, há várias gerações, a valorizar a pele branca e os cabelos loiros como o padrão superior de beleza, a partir de programas como o da Xuxa.
O jornalismo da Globo contraria os padrões básicos da ética, ao negar o direito ao contraditório. Só a versão ou ponto de vista do interesse da empresa é que é veiculado. Ocorre nos programas jornalísticos da Globo a manipulação constante dos fatos. As greves, por exemplo, são apresentadas sempre do ponto de vista dos patrões, ou seja, como transtorno ou bagunça, sem que os trabalhadores tenham direito à voz. Os movimentos sociais são caluniados e a violência policial raramente aparece. Ao contrário, procura-se sempre disseminar na sociedade um clima de medo, com uma abordagem exagerada e sensacionalista das questões de segurança pública, a fim de favorecer as falsas soluções de caráter violento e os atores políticos que as defendem.

No plano da política, a Rede Globo tem adotado perante os governos petistas uma conduta de sabotagem permanente, omitindo todos os fatos que possam apresentar uma visão positiva da administração federal, ao mesmo tempo em que as notícias de corrupção são apresentadas, muitas vezes sem a sustentação em provas e evidências, de forma escandalosa, em uma postura de constante denuncismo.
A Globo pratica o monopólio dos meios de comunicação, ao controlar simultaneamente as principais emissoras de TV e rádio em todos os Estados brasileiros juntamente com uma rede de jornais, revistas, emissoras de TV a cabo e portais na internet.

Uma verdadeira democratização das comunicações no Brasil passa, necessariamente, pela adoção de medidas contra a Rede Globo, para que o monopólio seja desmontado e que a sua programação tenha de se submeter a critérios pautados pela ética jornalística, pelo respeito aos direitos humanos e pelo interesse público.

Brasil -
Categoria: Reportagens Publicado em 08:50






Temer quer cortar auxílio de acidente de trabalho.

 
Reforma de Temer vai obrigar incapacitado a trabalhar
Nenhum trabalhador que sofre acidente durante sua atividade se aposenta porque quer. Com a Reforma da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer, o instituto da readaptação está saindo de uma lei para se instalar no corpo da Constituição Federal.
A maldade está na criação de um instrumento que possa interferir diretamente na concessão da aposentadoria por invalidez permanente. A isso deve-se acrescentar que a reforma de Temer deixará de ser considerada “invalidez permanente” para ser chamada de “incapacidade permanente para o trabalho”.
Não é só uma mudança de nome. Atrás dessa alteração esconde-se o golpe contra aquele trabalhador que se acidentou. A reforma, se aprovada, exigirá que esse trabalhador ou trabalhadora acidentada passe por uma rigorosa perícia. Para não pagar a aposentadoria a esse acidentado, o governo golpista pretende exigir que sejam readaptados para o exercício de outro cargo compatível com a limitação sofrida, em sua capacidade física ou mental.
Essas mudanças previstas na PEC 287/2016 são outras formas de ataque aos trabalhadores, sejam eles servidores públicos ou segurados do INSS. A medida tem cunho apenas fiscal, ou seja, o governo golpista quer dificultar o acesso à aposentadoria por invalidez permanente para economizar, observa Wagner Friaça, estudioso do assunto.
O senador José Pimentel (PT-CE), que já foi ministro da Previdência durante o governo Lula, lançou uma cartilha que mostra como o governo de Temer tem como missão exterminar os direitos sociais, cuja lógica é tudo para os banqueiros e rentistas.
“A proposta mostra, com toda a clareza, a diferença abissal entre dois projetos de nação: um, eleito pelas urnas, simbolizado pelos governos Lula e Dilma; e outro, em implantação pelo governo ilegítimo. A diferença está na opção entre preservar os trabalhadores de uma forma geral, especialmente, os mais pobres ou defender os mais ricos na pirâmide social”, afirma Pimentel.

17/02/2017

O desprestígio da Suprema Corte brasileira diante de uma sociedade exausta

Por Elisa Robson*
Em 2009, a revista inglesa The Economist, mais importante publicação de economia do mundo, fez uma análise do STF no Brasil: “Alojado em um palácio modernista em Brasília, o Supremo Tribunal Federal brasileiro é, há tempos, uma espécie de piada”.
Para chegar a tal conclusão, seus especialistas levantaram fatos como:
1) é a corte mais sobrecarregada do mundo, graças a uma infinidade de direitos e privilégios impregnados na Constituição de 1988 do país;
2) o direito quase ilimitado de apelar das decisões de qualquer magistrado até que o caso alcance os 11 sábios e sábias da Suprema Corte;
3) o tribunal vive à beira de uma revolta. A corte suprema recebeu 100.781 casos no ano passado.
4) a  Justiça é excruciantemente lenta.
5) como resultado, litígios protelatórios são usados como um truque para evitar sanções (O Brasil tem mais litígios por pessoa que qualquer outro país latino-americano excetuando a Costa Rica).
Mas, naquele ano, nada disso poderia ser comparado ao que ainda estava por vir.
Em 2014, o STF decidiu, por seis votos a cinco, absolver do crime de formação de quadrilha o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o ex-presidente do PT José Genoino e outros cinco condenados no processo do “Mensalão do PT”, entre eles ex-dirigentes do Banco Rural e o grupo de Marcos Valério. A decisão foi tomada no julgamento dos recursos chamados “embargos infringentes”, apresentados pelos oito condenados.
O “Mensalão” foi o nome do principal escândalo que atingiu o governo do ex-presidente Lula em 2005 – durante o primeiro mandato – e que consistiu em um esquema de pagamento de propina de R$ 56 milhões a parlamentares para que votassem a favor de projetos do governo.
Os seis ministros que votaram pela absolvição (Rosa Weber, Luís Roberto Barroso, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia e Teori Zavascki) entenderam que não ficou configurada a quadrilha. Segundo a interpretação desses ministros, apesar de os oito terem cometido crimes conjuntamente, não formaram uma associação criminosa com o objetivo específico de cometer crimes.
Em 2016, o ministro Luís Roberto Barroso do STF concedeu indulto ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu para extinguir toda pena imposta a ele no processo do Mensalão.
O caso acima foi histórico e ficou seriamente marcado para opinião pública como uma das maiores afrontas aos cidadãos brasileiros.
Hoje, a população tem uma percepção muito parecida com a do The Economist sobre a Suprema Corte e continua se sentindo completamente desonrada.
A primeira fase da Operação Lava Jato, que investiga o escândalo do Petrolão, foi deflagrada em março de 2014. Após três anos, as denúncias se acumulam, e nenhum político com foro privilegiado foi condenado no STF. Apenas quatro viraram réus.
Em contraste, o juiz Sergio Moro já condenou 87 pessoas, algumas mais de uma vez, por diferentes crimes, totalizando 125 sentenças. Entre eles estão políticos sem mandato e que, portanto, perderam o foro, como o ex-ministro José Dirceu (PT) e o senador Gim Argello (ex-PTB).
A explicação mais recorrente é a de que o STF, sendo a Corte mais importante do país, tem como função principal garantir a aplicação da Constituição Federal. E simultaneamente aos casos da Lava Jato envolvendo políticos com foro, o Supremo julga, todas as semanas, dezenas de outras ações, muitas delas urgentes.
E é precisamente por isso que há um grande debate para que haja mudanças no regime de foro privilegiado e desafogue o Supremo. Embora, o foro seja importante para evitar perseguições políticas contra autoridades, como pressões de investigados poderosos sobre juízes de primeiro grau, há obviamente pessoas demais com foro no Brasil: 22 mil.
Outro ponto foi levantado semana passada, quando o ministro do STF, Gilmar Mendes, criticou Moro e disse que a Corte tem que se manifestar. “Temos um encontro marcado com as alongadas prisões que se determinam em Curitiba. Temos que nos posicionar sobre esse tema, que conflita com a jurisprudência que construímos ao longo desses anos”, afirmou.
Ao longo de 37 fases da Lava Jato, Moro decretou 79 prisões preventivas. Atualmente, 22 ainda estão presos nessa modalidade, entre eles Cunha, o ex-ministro Antônio Palocci e o ex-governador do Rio Sergio Cabral.
E, por último, nesta quinta-feira (16), os ministros do STF decidiram que presos encarcerados em cadeias superlotadas ou com más condições de saúde e higiene podem ser indenizados por danos morais pelo governo. O entendimento foi que essa reparação seja financeira.
Diante de tudo isso, uma coisa está evidente: cansamos.
Nosso povo está exausto e profundamente decepcionado em perceber que aqueles que deveriam servir como guardiões da Constituição a dilaceram. E parecem estar cada vez mais insensíveis à voz da opinião pública.
A constatação feita por uma revista estrangeira em 2009 está mais do que consolidada para os brasileiros em 2017: o STF tornou-se uma piada. De mau gosto.
*Elisa Robson é jornalista.
Matéria extraída em sua integralidade de: República de Curitiba, todos contra corrupção.

15/02/2017

A Desmoralização do STF.( O Descrédito do Povo no Judiciário).

Imagem extraída do Google

Imagem Extraída do Google

STF mantém Moreira Franco ministro e com foro privilegiado.


Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello decidiu hoje (14) manter a nomeação do ministro Moreira Franco para a Secretaria-Geral da Presidência da República. Mello é relator de dois mandados de segurança nos quais a Rede Sustentabilidade e o PSOL questionam a indicação. Na decisão, Mello entendeu que a nomeação de alguém para o cargo de ministro do Estado não pode ser encarado como um fato de obstrução da Justiça. O ministro também destacou que a prerrogativa de foro privilegiado é uma consequência da nomeação.
"A nomeação de alguém para o cargo de ministro de Estado, desde que preenchidos os requisitos previstos no Artigo 87 da Constituição da República, não configura , por si só, hipótese de desvio de finalidade. Eis que a prerrogativa de foro - que traduz consequência natural e necessária decorrente da investidura no cargo de ministro de Estado não importa em obstrução e, muito menos, em paralisação dos atos de investigação criminal ou de persecução penal", disse Mello.
A decisão do ministro do STF coloca fim à guerra de liminares na Justiça Federal contra a ida de Moreira Franco para a secretaria com status de ministério. Na semana passada, houve três liminares que cassaram a indicação e outras três que liberaram a posse.
A validade da nomeação de Moreira Franco foi defendida pela Advocacia-Geral da União (AGU), que contesta o principal argumento dos autores das ações. Todos alegam que a situação de Moreira Franco se assemelha ao caso da nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil pela então presidenta Dilma Rousseff, no ano passado.
Na ocasião, o ministro do STF Gilmar Mendes suspendeu a nomeação de Lula por entender que a medida foi tomada para conceder foro privilegiado ao ex-presidente e evitar que ele fosse julgado pelo juiz federal Sérgio Moro nas ações da Lava Jato.
Para a AGU, as situações são distintas, porque Moreira Franco, diferentemente do ex-presidente, já exercia funções no atual governo, como secretário do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), criado em setembro de 2016. Segundo a AGU, a transformação do cargo teve como função fortalecer o programa governamental.
Moreira Franco é citado na Operação Lava Jato. Ontem (13), o presidente Michel Temer defendeu a permanência do ministro na Secretaria-Geral e disse que afastará eventuais integrantes do governo que virarem réus na investigação.
Fonte: Terra

09/02/2017

TEMER FALA AO G1 QUE Invasão do plenário da Câmara é 'afronta'. SEU PORTA VOZ COMPLETOU DIZENDO QUE " Manifestantes pediram intervenção militar, ato ilegal e contra a Constituição, 'desrespeita normas de convívio democrático'.


Plenário da Câmara invadido por manifestantes que pediam intervenção militar(Foto:Bernardo Caran/G1).

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Brasil em ruínas da corrupção

Sem querer defender qualquer que seja o partido político, eu Leandro Andretta quero tentar entender o que ambos citados acima no título desta postagem estão querendo dizer com suas falas ao G1, será que estão dizendo que estão sendo vítimas de um golpe para derrubar seus governos? Bom, prefiro acreditar que jamais pensariam isso, pois seria humilhante para eles, uma vez que de golpe entendem melhor que ninguém, seria como o aluno ensinar ao professor e isso jamais admitiriam, pois a soberba, a arrogância e a pré potência deles com certeza continuará se sobrepor diante desta imagem de supostos seres humanos que tentam de todas as formas acabar com a democracia e enterrar de vez a constituição federal de nosso tão amado e sofrido país chamado Brasil.

País este que seus governantes fazem rodízios de dias para fornecimento de água potável a seus cidadãos trabalhadores enquanto em suas casas e seus gabinetes se servem de águas minerais importadas e em suas caixas D`água armazenam milhares de litros, país este que prefere deixar medicamentos ficar vencidos e os jogar fora ao invés de distribuir a quem verdadeiramente necessita para manter-se vivo, país este que ao invés de viabilizar formas para que todos seus cidadãos possam ter o aconchego de sua própria moradia nossos governantes preferem ter a posse de todo o território nacional para que assim sintan-se sempre acima e tudo e de todos fazendo com que os cidadãos se humilhem e lutem entre si por um mísero pedaço de terra, país este que prefere investir em construção de presídios e centros de ressocialização para menores infratores ao invés de escolas para que venhamos a ter uma educação de qualidade, país este que arrecada cinco meses de trabalho por ano de seus cidadãos em impostos para não obterem retorno algum, país este que não podemos se quer sair as ruas por falta total de segurança simplesmente porque os próprios governantes e legisladores protegem e fomentam a criminalidade, pois não poderia ser diferente uma vez que os maiores e piores dos criminosos se encontram no poder de nosso país, digo sem medo de errar que o maior presídio com criminosos que cometem seus crimes tanto dentro quanto fora chama-se congresso nacional, as únicas diferenças entre eles e aos detentos é que no congresso eles usam ternos e gravatas de grife, salários altos, tem secretárias, assessores, carros , aviões e acima de tudo, tem o judiciário, o legislativo e o executivo a favor deles para que possam sufocar, dilacerar e matar o povo com o próprio aval e dinheiro deste mesmo povo que lá os colocam.

Poderia ficar aqui citando milhares e milhares de atitudes que nossos governantes fazem com nossa sociedade, porém prefiro a partir de agora deixar de ficar me indagando de que país é esse, e fazer minha parte, se cada cidadão ou cidadã que ler esse texto e entender que chegou a hora de darmos um basta nesse câncer que se encontra enraizado na política de nosso país que é a corrupção.

Vamos lá povo brasileiro, somos fracos se continuarmos assim nos preocupando somente com nossos interesses pessoais, mas poderemos ser muito fortes se juntos lutarmos por interesses da grande e maior herança deste país que estão querendo nos tomar, herança essa que somos nós o povo brasileiro.

Um forte abraço, vamos a luta e que Deus nos abençoe.

Policiais civis e legislativos entram em confronto na Câmara.

Postado 08/02/2017 21:22 por Iolando Lourenço( Repórter da EBC,Agência Brasil).
Policiais protestam em frente ao Congresso Nacional antes de entrar na Câmara e tentar chegar ao Plenário(Antonio Cruz/ Agência Brasil).

Policiais civis que protestavam hoje (8) contra a reforma da Previdência nas proximidades do Congresso Nacional entraram em confronto com policiais legislativos após tentar invadir o plenário da Câmara dos Deputados.Para impedir a chegada dos manifestantes ao plenário, os policiais legislativos utilizaram spray de pimenta, que acabaram atingindo deputados que se dirigiam ao local de votações. Alguns parlamentares chegaram a pedir a suspensão da sessão por causa da dificuldade de chegar ao plenário em meio à manifestação.

Diante dos relatos dos deputados, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou a violência do protesto e disse que um policial chegou a sacar uma arma para um agente da Câmara que tentava controlar a manifestação. “O debate da reforma da Previdência será garantido. O debate será feito, a sociedade será convidada para debater a reforma, mas não na base da violência”, disse.

Comissão

A comissão especial que vai analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, que trata da reforma da Previdência Social, deve ser instalada amanhã (9) à tarde. A comissão já está praticamente composta. Dos 37 deputados titulares do colegiado, 24 já foram indicados pelos líderes de suas bancadas. A presidência da comissão especial deverá ficar com o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) e a relatoria com o deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA).

Edição: Luana Lourenço



07/02/2017

"ALEXANDRE DE MORAES" e seus rastros sujos de sangue e glória.(Leiam).


FOTO EXTRAÍDA: https://www.facebook.com/laerciojose.narciso.9?hc_ref=NEWSFEED&fref=nf

Alexandre de Moraes é, e sempre será lembrado por todos (as) servidores (as) da FUNDAÇÃO CASA, por seus diversos atos inescrupulosos cometidos em sua turbulenta gestão, omissa e acima de tudo inconstitucional, sendo a pior delas quando ele, sem base legal alguma decidiu demitir 1751(MIL SETECENTOS E CINQUENTA E UM) servidores de uma só vez, alegando que todos (as) eram torturadores (as), na época este Senhor que se diz conhecedor e aplicador das Leis, teve a capacidade de enviar a tropa de choque, aos grandes complexos da instituição antiga FEBEM, onde todos (as) os funcionários (as) foram indevidamente e ilegalmente retirados de seus locais de trabalho, sem que tivessem sequer o direito de retirarem seus pertences pessoais, ocasionando um verdadeiro caos à instituição, e, em razão da ausência de servidores, houveram inúmeros casos de rebeliões e ataques físicos aos poucos servidores que restaram nas unidades, chegando a triste situação de óbitos tanto de servidores quanto de internos.


É do conhecimento de todos que o sindicato ingressou com ação judicial contra tal ato (demissão em massa), obtendo êxito na Justiça, causando efetivo ÔNUS AO ERÁRIO, tendo em vista que houve a declaração da invalidade das demissões e consecutiva determinação de reintegração desses funcionários desligados ilegalmente, sendo que a conduta daquela gestão poderia ser caracterizada nos CRIMES DE RESPONSABILIDADE FISCAL e até mesmo em IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, por ocasionar um custo tão alto aos cofres públicos do estado, tanto é verdade e legal esta denúncia que anos depois todos os MIL SETECENTOS E CINQUENTA E UM servidores demitidos na época, foram devidamente e legalmente reintegrados por decisão unânime do poder  judiciário, claro que todos tendo por direito a serem ressarcidos por todos os danos causados por Alexandre de Moraes devido a sua incompetência e irresponsabilidade que ocasionou um ÔNUS AOS COFRES PÚBLICOS que já chega em torno de R$50.000.000,00, (cinquentaenta milhões de reais), situação esta que sequer é divulgada pela mídia.


Em que pese a péssima gestão quando Presidente da antiga FEBEM, essa mesma pessoa ALEXANDRE DE MORAES foi indicado para secretário de transportes do Estado de São Paulo, onde ocasionou um verdadeiro caos, situação esta comprovada pelas inúmeras reportagens da época, não bastasse tal nomeação, posteriormente, a mesma pessoa, o "todo poderoso" Alexandre de Moraes foi nomeado como secretário de segurança pública do estado, onde por sua vez ordenou que a polícia militar invadissem uma escola ocupada por alunos maiores e menores de idade, que reivindicavam simplesmente por seus direitos de ter uma merenda escolar, merenda essa que também foi cortada devido ao desvio de verba de mais um dos membros deste atual governo ditador PSDB, porém o secretário de segurança achou melhor ordenar que desocupassem o prédio ainda que fosse necessário do uso de força, tais como, bombas de efeito moral e tiros de balas de borracha, pior mesmo sem ter uma ordem judicial, é esse é o "TODO PODEROSO" que mesmo depois de deixar seus rastros sujos e de total incompetência por todas as secretarias estaduais em que passou, foi recentemente premiado com o cargo de Ministro da Justiça convidado por esse PMDBista que se diz ser presidente da república, sim o golpista MT. Mas agora definitivamente chegamos ao fim do poço e o que achávamos ruim ficou ainda pior, no dia de ontem 06/02/2017 o tomador deste país fez a indicação deste nobre e eficaz Ministro A.M para assumir a vaga no STF, ou seja, definitivamente estaremos vendidos e nas mãos de um Ex. advogado que conforme dito e escrito nas grandes mídias prestou serviços a uma facção criminosa que até hoje toma conta da criminalidade do estado de São Paulo, que Deus nos abençoe pois não temos mais a quem recorrer,


Isso é uma vergonha...

06/02/2017

"AS DESIGUALDADES DA JUSTIÇA BRASILEIRA", Marina Silva embolsou meio milhão de Reais de Eike Batista, mesmo valor dado a Delcídio do Amaral.

IMAGEM EXTRAÍDA DO NOTÍCIAS BRASIL ONLINE.
Como eu fazia? Eu fazia, muito no espírito democrático –como meus projetos eram grandes, eu estava em todos os Estados — (…) eu participei praticamente desde 2006 com o mesmo volume de recursos — um milhão de reais — para PT, PSDB… Isso daqui a gente deixa aqui. Eike Batista ao depor na Operação Lava Jato
Desculpe interromper, mas só para deixar claro: várias dessas pessoas que receberam doações do Eike, ele nunca viu. Ele nunca procurou políticos. Eu posso falar do senador Cristovam Buarque, que o Eike nunca esteve com ele. Ele pode confirmar. Eike fez doações em caráter republicano. Advogado de Eike, na mesma ocasião
Doações eleitorais de Eike beneficiaram 13 partidos
Dados do TSE apontam repasses de R$ 12,6 milhões de Eike a campanhas
POR EDUARDO BRESCIANI, em O Globo
BRASÍLIA – As doações eleitorais do empresário Eike Batista, que teve a prisão determinada pela Justiça nesta quinta-feira, mostram o trânsito dele por diversos partidos. De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Eike destinou, entre 2006 e 2012, R$ 12,6 milhões a políticos e diretórios regionais de 13 partidos em oito estados.
Em depoimento à Força Tarefa da Lava-Jato em maio, Eike admitiu ter feito pagamentos ao casal João Santana e Mônica Moura a pedido do ex-ministro Guido Mantega por despesas de campanha do PT, mas disse que todas as demais doações feitas foram “oficiais”. Sua defesa destacou, na ocasião, o caráter “republicano” da contribuição.
As doações abrangem as campanhas presidenciais de 2006 e 2010. Eike doou R$ 1 milhão para o comitê financeiro do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2006 e R$ 100 mil para Cristovam Buarque (então no PDT, hoje no PPS).
Quatro anos depois, quando já era o homem mais rico do Brasil, Eike fez transferências de R$ 1 milhão para os comitês de Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) e de R$ 500 mil para o de Marina Silva (então no PV, hoje na Rede).
Os partidos que receberam recursos foram PT, PMDB, PSDB, PP, PSD, PSB, DEM, PR, PDT, PV, PCdoB, PTB e PTC.
Os estados dos políticos são Rio, Minas Gerais, Santa Catarina, Maranhão, Ceará, Mato Grosso do Sul, Amapá e o Distrito Federal.
A maior parte das doações (R$ 12,1 milhões) foram feitas por Eike como pessoa física. Somente em 2012 ele se valeu de uma das empresas, MMX Mineração, para fazer repasses totalizando R$ 500 mil.
Algumas doações foram feitas diretamente para candidatos. O ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), preso desde novembro e acusado de ter recebido propina de Eike, registrou uma contribuição de R$ 750 mil do empresário para sua campanha à reeleição, em 2010.
Há ainda repasses declarados para os ex-governadores André Puccinelli (PMDB-MS), de R$ 400 mil em 2006, e Luiz Henrique (PMDB-SC), este já falecido, de R$ 200 mil.
Cristovam Buarque, que tinha recebido R$ 100 mil em sua campanha presidencial em 2006, obteve o mesmo valor quatro anos depois em sua campanha para o Senado.
Matéria postada 06/02/2017 por NBO. (Notícias Brasil Online).

Postagens mais antigas Página inicial

ADVOGADOS ESPECIALIZADOS EM AÇÕES TRABALHISTA, CÍVEL e PREVIDENCIÁRIO.

ADVOGADOS ESPECIALIZADOS EM AÇÕES TRABALHISTA, CÍVEL e PREVIDENCIÁRIO.
Faça valer os seus direitos, contrate um advogado Av: Celso Garcia,3976 sala 04 3° Andar,Tatuapé-CEP.03064-000 São Paulo-SP. Cel.-11-97441.7161.

FUNDAÇÃO NEWS

FUNDAÇÃO NEWS
Trazendo o conhecimento dos direitos de cidadania, denunciando as arbitrariedades políticas, lutando por justiça e melhor qualidade de vida aos cidadãos. Av: Celso Garcia,3976 sala 04 3° Andar,Tatuapé-CEP.03064-000 São Paulo-SP. Cel.-11-97441.7161

LA ANDRETTA

LA ANDRETTA
Não percam suas ações, contratem um perito judicial.

Espressione Publicidade

Espressione Publicidade
Publicidade, a alma do seu negócio, publique e vá além de sua imaginação,Soluções extraordinárias em publicidade "Não se esqueça, quem não aparece não é visto".

Conquista Saúde

Conquista Saúde
Atenção você do litoral paulista e região,Venha trabalhar conosco e seja um vencedor.

EMPREGOS PARA ESTUDANTES, VISITE NOSSA PÁGINA.

EMPREGOS PARA ESTUDANTES, VISITE NOSSA PÁGINA.
"A INTEGRAR TRABALHA POR VOCÊ", Avenida Celso Garcia, 3976-2º Andar-Tatuapé, São Paulo SP. Tel: (11) 2922-3866

Faculdade de medicina chinesa EBRAMEC

Faculdade de medicina chinesa EBRAMEC
A primeira Faculdade de São Paulo especializada em Medicina Chinesa.

Postagens Populares

 

Abaixo Assinado

Abaixo Assinado
Obrigatoriedade da Contratação do Gestor de Segurança nas Empresas Privadas

Sobre

Minha foto
Sou um dos poucos que ainda gostam de seres humanos e que os respeitam como humanos e não como aqueles que os veem como máquinas do sistema podre e hipócrita em que vivemos nos dias de hoje.

Seguidores